maio 25, 2017


....."...Under a blood red sky,
A crowd has gathered (in) black and white,
Arms entwined the chosen few,
The newspapers say it says,
Say it's true say it's true,
And we can break through,
Torn in two we can be one...".....

maio 16, 2017

..... "If one day someone asks for me,
Tell me that I lived to love you,
Before you, I only existed,
Tired and with nothing to give ...

...My love, listen to my prayers,
I ask that you return, that you want to me again,
I know you do not love yourself,
Maybe you can learn again slowly;
If your heart does not want to give in,
Do not feel passion, do not want to suffer,
Without making plans of what will come later,
My heart can love for both ... ".....

abril 03, 2017

....."Come on, come on,
Now, touch me, baby.
Can't you see that I am not afraid?
What was that promise that you made?
Why won't you tell me what she said?
What was that promise that you made?...
...Now, I'm gonna love you,
`Till the heaven stops the rain.
I'm gonna love you,
`Till the stars fall from the sky
For you and I...".....

março 27, 2017

....."Every time that I look in the mirror,
All these lines in my face gettin' clearer,
The past is gone,
It went by like dusk to dawn,
Isn't that the way?
Everybody's got their dues in life to pay,
I know, nobody knows,
Where it comes and where it goes,
I know it's everybody's sin,
You got to lose to know how to win!!!
Half my life's in books' written pages,
Lived and learned from fools and from sages,
You know it's true,
All the things you do,
Come back to you...

...Sing with me,
Sing for the year,
Sing for the laughter n' sing for the tear,
Sing with me,
If it's just for today,
Maybe tomorrow the good lord will take you away;
Dream on, dream on, dream on,
Dream yourself a dream comes true...".....

março 24, 2017

....."...Just one more song, fine art...14611 days, full heart, and we won´t stop...

...Is everybody in? The ceremony is about to begin...Wake up! You can't remember where it was has this dream stopped??...".....

março 16, 2017

....."Gostar é provavelmente a melhor maneira de ter...

...ter deve ser a pior maneira de gostar...".....

março 12, 2017


....."...Behold, I send an angel before thee, to keep thee in the way, and to bring thee into the place which I have prepared for thee...".....

fevereiro 28, 2017

....."Pessoas que vão e não voltam neste reboliço da cidade...Pessoas agarradas a um "WiFi grátis", nem desviam o olhar...talvez tenham dias piores outros melhores, não as julgo, observo apenas como "saem para a rua"...
Tal como eu, são como a lua, que existe para mostrar que é possível na solidão, iluminar...lua que minga e cresce, quer morrer e quer iluminar... Será questionável serem amadas na escuridão, sem saberem que o são: amadas...
Diferentes de todas as outras, pessoas como eu em que a vida lhes fala ao ouvido...como o mar beija a areia, avassalador... é assim que vivo sem chão e no chão, tal como se ainda alma tenho,se excede no teu "eu"...
"Alma" que eu não tenho onde chorar, por aqueles que teimam em ir e não regressar...Sinto-me a desistir, a lua a minguar...a rua a chamar...é assim que eles se amam??? A crescer...minguar...amam...mais do que as outras pessoas todas??? Não...Diferente de todas as outras, pessoas que não voltam, não têm de voltar, raras são as que ficam como o sangue sobeja o coração, simplesmente querem ficar...dou os meus passos em "ti" para sair para a rua...".....

fevereiro 25, 2017

....."Imagem de fundo de um objecto, antigo eu sei, a antiguidade fascina-me, é intrínseco, como respirar...Uma imagem de fundo é como um mosteiro que me defende da solidão e venero a paixão, divina ou não, não é o que está em causa...

...Uma imagem de fundo fragmenta-se...e salva-se a vida numa imagem de fundo...que como o "mosteiro" alberga solidão...tantos fragmentos inventariados no teu querer...A tal..."a mulher" que faz de mim o que Deus quer...O meu outro eu"!!!...Fragmentos contados em momentos, espera "momento", aquele que Deus quer...Ah imagem de fundo...movimento com o teu video Maria...Na incerteza de um milagre qualquer que me devolva a alma reparada na tua imagem de fundo...Onde me reconheço e posso encontrar finalmente "Maria"...imagem de fundo quando te vejo,é a mim que me vejo...A única onde me posso encontrar...".....

fevereiro 24, 2017

....."Aqui te miro, os ventos liberais e absolutistas, "sangues" iguais...transformaram-se em guerra por ti...a Oeste vejo o mar, um rio capitão e refém do naufrágio...A Este o Douro a desmaiar, como a menina que aqui te mira...a Norte ele tem o poder de a ressuscitar...
Miradouro a Sul ninguém te pode pode salvar, o mar sem vontade de te abraçar...um truque de magia o Douro fica mudo, protege uma barca 2112, "100 anos", tanto tempo, e menina como o "dealer da ilha" carinhosamente me trata, também tem o peso de um século no olhar...
Tratam-me bem, ligo as extensões saltando uma pequena janela de uma das casas pequenas que albergam gente grande...Aqui hà uma calma muda, como eu menina, refém de um marginal...
Os bons dias menina, ou o titulo não importa, não meço as pessoas pelo tamanho que me dão...Numa das casas há segredos, como eu menina e os seus medos, trago comigo as chaves do cadeado e dos segredos da "ilha"...
Abro-te miradouro....É magico, uma ânsia de caber tudo numa palavra...Rei liberal deu seu coração à cidade...Acto de coragem imensurável...Um marginal naquele tempo...
Coragem, fico calada, ouço sussurros, aqui é normal...sempre com um bom dia ou tarde menina, olham-me com um respeito que não mereço...
Vão esses sussurros ao resgaste marginal, alguns com mais dor, outros com luto pesado...
Contradição o miradouro, esta gente é a ilha...E o miradouro é que me mira, sabe da minha inconsciência, como uma âncora do "resgaste marginal"...
Avanços e recuos, quero morder-te, quero agarrar a tua solidão, aqui quero tudo...liberais e absolutistas sentimentos, liberal resgate marginal e eu absolutista cega....
Inigualável resgate marginal, como os olhos dos meus bons dias menina, faltam os teus olhos...são o Norte do Miradouro...os teus olhos a minha paisagem favorita....
Menina falta-me a coragem de um rei sem medo, que por amor a ti cidade deu o seu sangue, coração...
A Este o Douro, a Oeste o mar, a Sul a serra, mas meu miradouro marginal o Norte "és tu"...".....

fevereiro 23, 2017

....."Dei por mim a olhar a Rua das Flores com as Cardosas, lapso próprio de um tempo que não passa, as fachadas graníticas revestidas de azulejo, a imponência neoclássica da estação não me chamaram a atenção, como usualmente estes aspectos o fazem. Pensamento pungente...Não se fazem autópsias à alma, somente a este corpo que me carrega...olho por instantes a Rua do Loureiro, não importa o número, onde tantos como eu fizeram a dita autópsia, prendo-me à organização do aparelho construtivo do edifício...O único som que ouço é o dos comboios e o da "Rita", espera hà mais, gente eufórica e estridente, que não é de cá, fascinados pelos magníficos painéis de azulejos quase todos a azul e branco, típicas cores desta cidade, mas que contam a nossa História e preenchem a entrada da dita...

...Tem de ser, volta à autópsia e ao ruído de uma máquina enorme que me consome, som estridente, pó e fumo, e tão pequena a coitada da máquina face à autópsia da alma...da minha e de todas que ali se autopsiaram...É um entra e sai tenebroso, gente de cá, gente de lá, gente que não conhece o Porto...O "meu"Porto, nenhuma outra cidade toca como o Porto, sabes como lhe conheço as entranhas, até ao seu estrato geológico...Novamente o ruído estridente, latejante na minha cabeça, regresso ao ponto de partida:"O Porto não tem início nem fim...ai rapariga!!!"... Ali fiz como outros a autópsia à minha alma e sem ordem estratigráfica entre eu e os outros...
Resultado final...guardo para mim, mas descobri e registei que a alma como o corpo são constituídos por órgãos...Rapariga objecto de estudo analítico...Resultado registado: tenho um órgão na alma, que fica no seu centro, sim tem nome, tem vida, tem Alma!!!Ai rapariga guarda o nome para ti...".....